Atraia pássaros para o jardim

É simples povoar o jardim com pássaros: basta plantar as espécies que mais os atraem.

Um belo jardim é muito mais do que apenas uma composição com a arquitetura. Ajuda também a melhorar o micro clima local com suas sombras e cobertura vegetal além de proporcionar agradáveis momentos ao ar livre. Essas ocasiões podem ficar ainda mais aprazíeis com a presença de pássaros, com suas belas melodias. Para tanto bastar escolher as espécies corretas, entre árvores, arbustos e palmeiras. Seguem algumas sugestões:

tucano-toco (Ramphastos toco)

ÁRVORES GRANDES

Sabiá-da-mata (Colubrina grandulosa) – árvore nativa do Brasil (AC, PA, RO, RR, CE, MA, PB, PE, DF, MT, MG, RJ, SP, PR, RS, SC) que atinge 20 m de altura. É uma espécie ornamental em boa para ser usada em grandes parques. Produz inúmeros pequenos frutos que amadurecem principalmente entre dezembro e fevereiro. Atrai, entre outros pássaros: sabiás e sanhaços.

Sapucainha (Carpotroche brasiliensis) – árvore nativa do Brasil (AC, BA, ES, MG, RJ) que atinge 20 m de altura e é semi-decídua (as folhas caem durante todo o ano, mas não totalmente). Produz frutos arredondados de tamanho médio que amadurecem entre agosto e setembro. Atrai, entre outros: periquitos, papagaios e jandaias.

Jenipapo (Genipa americana) – árvore nativa do Brasil (AC, AM, PA, AL, BA, CE, MA, PB, PE, PI, RN, SE, DF, GO, MS, MT, ES, MG, RJ, SP, PR) que atinge 25 m de altura, perenifólia (não perde as folhas) e de rápido crescimento. Produz frutos grandes, arredondados. Atrai, entre outros, emas e papagaios.

Ipê (Tabebuia sp.) – árvore nativa do Brasil (BA, CA, GO, MG, PE, PI, SP) atinge 20 m de altura e é caducifólia. Suas flores que de acordo com a espécie variam de branco, amarelo e rosa,  atraem beija-flores, sabiás, joão-de-barro, bem-te-vi, saíras, periquitos entre outros.

pica-pau-do-campo (Colaptes campestris) na Embaúba (Cecropia pachystachya)

Saíra-azul-turquesa macho (Dacnis cayana) no ipê-amarelo


ÁRVORESDIAS

Copaíba (Copaifera langsdorffii) – árvore nativa do Brasil (AC, AM, BA, DF, GO, MS, MG, SP, PR, RS) que atinge 15 m de altura. Produz frutos de tamanho pequeno amadurecem entre dezembro e março quando a árvore perde a folhagem. Atrai, entre outros: sabiás, jacus, jacutingas.

Tucaneiro (Citharexylum myrianthum) – árvore nativa do Brasil (BA, ES, MG, PR, RJ, RS, SC, SP) que atinge 15m de altura. Inúmeros frutos vermelhos, com polpa carnosa que amadurecem entre janeiro e março. Atrai, entre outros pássaros: jacutingas, juritis, bem-te-vis, sabiás, guaxes, sanhaços, tesouras, suiriris e pombas.

Araçá (Psidium cattleianum) – árvore originária do Brasil (RS, SC, PR, SP, RJ, MG, ES, BA, SE, PE, CE) que atinge 15 m de altura. Produz frutos amarelos, arredondados e suculentos que atraem entre outros, jacutingas, beija-flores, sabiás, ciganas, japins, saíras, macucos, inhambus, tuins, rolinhas, jandaias, papagaios e periquitos.

Mamica-de-porca (Zanthoxylum rhoifolium) – árvore nativa de todo o Brasil, atinge 15 m de altura, é perenifólia e produz numerosos pequenos e oleosos frutos, extremamente atrativos para gaturamos, cucurutados, pica-paus, bem-te-vis, tesouras, jandaias, tuins, sabiás, sanhaços, trinca-ferros, suiriris, periquitos, rolinhas entre outros.

Jasmim-manga (Plumeria rubra) - árvore ornamental com flores perfumadas. Possui látex tóxico. Atrai bem-de-vi, beija-flores, sabiás.

Piriquito no ipê-roxo

ÁRVORES PEQUENAS

Embaúba (Cecropia pachystachya) – árvore nativa do Brasil (AM, PA, BA, CE, MA, PB, PE, PI, SE, DF, GO, MS, MT, ES, MG, RJ, SP, PR, RS, SC) que atinge 7 m de altura. Tem crescimento rápido e é perenifólia. Produzem frutos suculentos ao longo do ano e atraem diversas espécies, como: tucanos, pica-paus, trinca-ferros, sanhaços, tuins, jandaias, saíras, periquitos, gaturamos, arapongas, pipiras, sangues-de-boi, saís-andorinha, guaxes e sabiás entre outras.

Amoreira (Morus nigra) – árvore originária do sudeste asiático, caducifólia (perde as folhas) e produz pequenos e suculentos frutos de setembro a novembro. Atinge 5 m de altura. Atrai, entre outros: bem-te-vis, saíras, sabiás, sanhaços, tiês.

Acerola (Malpighia glaba) – árvore originária das América Central e da América do Sul, e produz pequenos, vermelhos e suculentos frutos durante todo o ano. Atinge 3 m de altura. Atrai, entre outros: saíras, sabiás, sanhaços e gaturamos.

Escova-de-macaco (Callistemon viminallis) – árvore originária da Austrália, e produz flores vermelhas durante Primavera e Verão. Atinge 7 m de altura. Atrai beija-flores.

Pitanga (Eugenia uniflora) – árvore originária da América do Sul, América Central, parte da América do Norte e parte da África, e produz flores vermelhas durante Primavera e Verão. Atinge 4 m de altura, frutifica entre a Primavera e Verão. Atrai, entre outros, bem-te-vi, jacus, arapongas, sabiás, saíra, sanhaços e gaturamos.

ARBUSTOS E HERBÁCEAS

Piracanta (Pyracantha coccinea) – arbusto originário da Ásia e Europa, atinge 3 m de altura e possui espinhos. Produz inúmeros frutos vermelhos e amarelos entre verão e outono. Atrai, entre outros: tico-ticos, pardais, bem-te-vis, saíras, sabiás, sanhaços.

Camarão-amarelo (Pachystachys lutea) – arbusto originário do Peru, atinge 1,2 m de altura. Suas flores amarelas atraem beija-flores.

Ixora-rei (Ixora macrothyrsa) – arbusto originário da Sumatra, atinge 2 m de altura. Aprecia pleno sol e regiões tropicais e subtropicais. Suas flores vermelhas produzidas o ano todo atraem beija-flores.

beija-flor no camarão-amarelo (Pachystachys lutea)

PALMEIRAS

Jerivá (Syagrus romanzoffiana) – palmeira originária do Brasil, atinge 9 m de altura. Frutifica ao longo do ano e seus frutos atraem araras, papagaios, periquitos, jandaias, tucanos, jacus, mutuns, bem-te-vis, sanhaços, tico-ticos, gaturamos, saíras entre outros pássaros

Açaí (Euterpe oleraceae) – palmeira nativa do Brasil (AM, AP, PA, MA, PO, AC, TO), e Venezuela, Colômbia, Equador e Guianas. Atinge 12 m de altura. Produz frutos pequenos com polpas que frutificam na Primavera. Atrai tucanos, galos-da-terra, anambés, periquitos, jandaias, jacutingas, araçaris, surucuás, galos-da-terra, mutuns, inhambus, urus entre outros.

Seafórtia (Archotophoenix cunninghamiana) – palmeira nativa da Austrália que atinge 20 m de altura. Produz frutos vermelhos muito ornamentais que frutificam ao longo do ano. Atrai pássaros como periquitos, jandaias, sabiás, sanhaços entre outros.

Seafórtia (Archotophoenix cunninghamiana)



Texto de Rosalba da Matta Machado publicado originalmente na coluna Jardinando do portal Mundo Husqvarna. Conforme a Lei 9.610/98, é proibida a reprodução total e parcial ou divulgação comercial sem a autorização prévia e expressa do autor (artigo 29). Todos os direitos reservados.

Using Format